●○○●     TERAPIA     ●○○●
       ☼    | flores | aromas | cores | meditação | autoajuda |  ☼

Meditação: a cura do estresse

A vida tumultuada dos centros urbanos, o excesso de preocupação no trabalho, na relação afetiva, na família, nos afazeres domésticos, criam um ritmo mental acelerado e uma constante tensão física e emocional. Resultado: saúde debilitada, hipertensão, dor muscular, enxaqueca, insônia, negativismo, irritação, preguiça etc. A meditação (e o relaxamento) é uma das técnicas mais simples de autocura, equilibra quase que imediatamente o estresse, Quanto mais sereno:
melhor ritmo cardíaco,
maior capacidade sexual.
a ansiedade, a fobia de qualquer natureza. Ela faz com que o cérebro trabalhe em uma onda elétrica mais sutil denominada alfa. A prática diária da meditação melhora a capacidade mental, estimula o vigor, melhora a disposição e, principalmente, nos faz consciente de nossa vida.

Originária da Índia, a meditação se encontra intimamente ligada com as práticas de ioga; também está inserida em várias religiões orientais como o taoísmo e o budismo. Cada qual possui sua forma particular em praticar a meditação, algumas estão inclinadas ao universo espiritual, outras a saúde ou ao bem-estar. No ocidente, ela virou sinônimo de relaxamento corporal e até as religiões cristãs e evangélicas aderiram a palavra meditação para se referirem ao ato de fé. Também, é largamente utilizada na terapia holística como uma técnica necessária para qualquer tratamento.

Qual o primeiro passo?

Existem diversas técnicas que vão desde simples respirações para se acalmar até meditações com visualização e autossugestão. O que importa mesmo é estarmos relaxados, de olhos fechados e com a respiração bem suave. A técnica pode ser realizada sentado ou deitado, a sensação do estado de relaxamento deve ser total. Agora, permita-se descobrir a sensação prazerosa que a meditação produz, perceba a importância de se dedicar alguns minutos diários. Se você nunca fez um relaxamento siga, primeiro, as instruções abaixo:

PRIMEIRO, aprenda a respirar:

  1. Inspire profunda e lentamente pelo nariz; no ato de inspirar, sinta sua região abdominal se expandindo como uma bexiga cheia de ar.
  2. Expire pela boca no mesmo ritmo que inspirou; no ato de expirar, contraia sua região abdominal, como uma bexiga que se esvazia.
  3. No momento em que você exala todo o ar, solte também os músculos do corpo, principalmente os das faces, depois os ombros, braços, abdome e as pernas.

SEGUNDO, saiba relaxar:

  1. Feche seus olhos para entrar no estado Alfa; respire (inspire e expire) com total atenção no corpo, repita a operação anterior verificando onde estão os pontos de tensão e relaxe-os um a um.
  2. Ainda com os olhos fechados, depois de relaxar todos os músculos, faça uma série de 10 respirações bem calmas, lentas e profundas; ou adicione alguma autossugestão, visualização etc.
  3. Para facilitar o retorno ao estado Beta, conte mentalmente a sequência respiratória de 1 a 7, depois de 3 a 1. Abra os olhos, pronto.
meditacao, ioga, saude, nei naiff

Você pode empregar esse procedimento, por exemplo, antes de dormir; mas também pode usá-lo num imenso congestionamento no trânsito, no banco de um jardim, em seu trabalho, na escola. Não, não tenha a ideia de que a meditação faz dormir! Ele serve para recuperar a capacidade orgânica e mental seja para o repouso absoluto ou para encarar um dia inteiro de trabalho; com a prática, pode ocorrer de só algumas respirações serem o suficiente para recarregar sua energia.

Sugiro que faça rapidamente uma primeira vez as instruções acima, só para assimilar as etapas, e uma segunda, para um primeiro teste pessoal. E para avaliar possíveis benefícios a um prazo maior, imagine o que pode ocorrer com você e seu corpo se usufruir do relaxamento durante uma semana, por exemplo?

Que tal fazer uma meditação online?

!!! Saiba que o uso da meditação reduz a ansiedade, o desejo latente de resolver tudo do dia para a noite, torna a respiração equilibrada melhorando a oxigenação do sangue e, consequentemente, a atividade cerebral; também equilibra a frequência cardíaca e a pressão sanguínea, que por sua vez, melhora as condições metabólicas de todos os órgãos.

>>> Viu como um simples ato pode ajudar a equilibrar seu corpo físico? Além disso, ela melhora o sono, auxilia a digestão alimentar e qualquer processo em problemas na saúde. No campo psíquico, a prática da meditação mantém a pessoa num ritmo de equilíbrio que a impede de entrar em conflitos emocionais. Há, por parte de quem a utiliza, muito mais clareza mental, paciência e compreensão.

Vamos lá, medite!

Quer saber mais? | livro | video | reportagem |


 ∞| floralterapia | aromaterapia | cromoterapia | meditação | autoajuda | ∞
◊ 
imprimir  ◊  enviar  ◊