○● |  AUTOAJUDA  |  AUTOCURA  | ●○
        ☼ | tarô | oráculo virtual | runas | i ching | cabala | numerologia | notícias | ☼

Cabala: a magia dos anjoscabala, kabbalah, torah, talmude, árvore da vida, nei naiff, arcanjo miguel

Esotérica para alguns, mágica para outros, a cabala nasceu no cerne do livro mais sagrado do judaísmo: a Torá. No entanto, transpôs todos os limites tornando-se uma filosofia espiritual aberta a todos os povos. Segundo essa doutrina, Deus criou o mundo e tudo o que existe, mas também expôe que as ações humanas (igualmente) possuem peso cósmico, podendo recriar ou destruir tudo a volta. Descrita em detalhes nos livros Sepher Yetsirah e Zohar, ela revela a existência de governos espirituais e deveres pessoais para uma vida equilibrada.

A palavra cabala significa recepção ou aquilo que sai da boca e entra nos ouvidos (verbalização > audição > saber); portanto, representa uma tradição oral e uma doutrina para o bem-viver. Destarte, nossa capacidade em recebê-la (e compreendê-la) é que fará com que sejamos mais bem-sucedidos que outros. Há dezenas de formas de utilização desse sistema, centenas de preceitos, meditações ou rituais que poderiam ser realizados, por isso existem inúmeras fraternidades e grupos de estudo sobre o assunto. Embora tenha vários nomes, tais como cabala cristã, cabala egípcia, cabala enoquiana, cabala judaica, todas contém o mesmo arcabouço.

A cabala é um exercício filosófico rumo ao aperfeiçoamento pessoal e coletivo que
permite conhecer a densificação da mônada, os mistérios da vida e do universo.
Ela não vislumbra entender a Deus, mas unicamente Sua obra.  A prática se envereda pelos
caminhos da meditação, da ritualização, da magia e até dos aspectos oraculares; ensina,
igualmente, a cristalizar algum desejo e obter o melhor da vida, com responsabilidade.

 Árvore da vida, kabbalah, talmude, nei naiffLetras hebraicas: o fundamento

Tudo começa nos mistérios de En (o nada, o vácuo), onde Deus fez brotar os receptáculos denominados sephiroth (esferas arquetípicas do universo), neles irradiaram os véus secretos de En Sof (a totalidade), a arquitetura do mundo. Nada se estabelece ou se conhece antes desses mistérios. Reshit é o limiar da criação divina, sendo o alfabeto hebraico a estrutura da cabala, o verbo divino que originou o mundo cósmico e o terrestre, tudo o que existe, foi ou será. O alfabeto hebraico guarda em si os mistérios da criação que se encontram gravados na Árvore da Vida. Ao todo são 10 sephiroth (inteligências cósmicas) interligadas por 22 caminhos (sabedoria, preceitos), onde cada esfera é comandada por uma legião de seres divinos (classes angelicais) que administra o equilíbrio universal.

A Árvore da Vida simboliza o macrocosmo e, o homem, o microcosmo.

Cinturão cósmico protetor

Em Malkut, a décima esfera da criação, condensa-se o universo terrestre, físico, humano; podemos dizer que o espírito se encontra em Kether (primeira esfera) e o corpo físico reside em Malkut (no entanto, são indissolúveis em nosso plano de existência). Naquela sephira há uma corrente de gênios cósmicos, também intitulados anjos cabalísticos, que além de proteger a energia malkutiana (planeta Terra, força telúrica) têm a responsabilidade espiritual de guardar cada ser humano. Divididos em 72 anjos, cada qual ocupa cinco graus da esfera planetária (360º) e cinco dias (alternados) do calendário anual (72x5=360 dias). Todos nós possuimos um protetor que é determinado pelo dia do nascimento (veja link abaixo); a conexão com esse ser divino é um dos objetivos da cabala. Agora, com base em tal informação você pode se aproximar da esfera divina e solicitar apoio, ajuda e orientação por intermédio de seu anjo protetor.

 

Quer saber mais? | livro | evento | notícias |

AUTOAJUDA ∞| tarô | i ching | runas | numerologia | oráculo virtual | cabala |∞
AUTOCURA ∞| floral | autoestima | meditação | aroma | cromoterapia | oração |∞
| Quem é NEI NAIFF? | livros | contato | mapa do site |
   ◊   imprimir  ◊  enviar   ◊  |