○● |  AUTOAJUDA  |  AUTOCURA  | ●○
       ☼ | floral | aromas | cromoterapia | meditação | autoestima | oração | notícias | ☼

Autoconhecimento: o caminho para a autoajuda

A energia negativa se traduz em tudo aquilo que nos faz mal, seja de ordem física ou emocional. Quando estamos impregnados com tal fonte destruidora perdemos a autoestima, temos a nítida impressão de que a vida se encontra em um mar de obstáculos, a angústia e insegurança imperam. O resultado: caos no trabalho, no orçamento e na relação afetiva. O princípio gerador dessa força é muito mais amplo do que se possa imaginar; pois, tanto a atitude pessoal quanto à de terceiros pode provocar uma aura negativa em torno da vida. A falta de
amor-próprio
destrói o futuro
O ciúme, a raiva, a vingança, a inveja, a possessividade são algumas delas. Até a falta de amor-próprio provoca uma onda destrutiva que bloqueia o futuro prospero e feliz.

Quando o ser humano entra em desespero pelo próprio fracasso, perdendo a autoestima, ele espera que um psicólogo, um padre, um astrólogo ou um tarólogo, forneça respostas! Deseja que eles, profissionais do bem-estar, se é assim que podemos classificá-los, digam como retirar o insuportável sofrimento, a falta de sorte. Sim, eles delineariam prováveis direções, mas e daí? Será que uma caixa de antidepressivo resolveria o problema? Alguma oração promoveria um milagre? A revelação do futuro amenizaria a dor? É muito improvável que uma única resposta resolvesse o caso. No entanto, o cliente insistirá:

autoconhecimento, autoajuda, autestima, nei naiff Imagem: cortesia CCBB, Rio/2009.

Com certeza, todos ajudariam de alguma forma, mas não poderiam retirar a angústia, o caos ou a energia negativa com as próprias mãos nem fazer o tempo voltar. Devemos compreender que ninguém possui o poder sobre nossas vidas, menos ainda, estão à mercê de nossos caprichos. Na realidade, os profissionais do bem-estar, são meros coadjuvantes se compararmos ao autoconhecimento. Vejamos os grandes mistérios que deveríamos descobrir sozinhos para eliminar toda força negativa à volta:

Se a pessoa gosta de sofrer e sentir-se culpada por todas as mazelas de sua vida, então, ficará inerte, sem achar uma saída. Se o indivíduo passa por grandes revezes e consegue continuar planejando a vida, então, conseguirá encontrar uma solução satisfatória. Bem, mas é difícil descobrir novos caminhos quando se está sem esperança, não é verdade? A saída será sempre uma só: reconhecer falhas,Nunca é tarde
para iniciar o autoconhecimento!
erros, potencialidades, qualidades; assim, sabendo quais são os limites (bons e maus, construtivos e negativos) é que poderemos iniciar o processo de autoconhecimento.

Agindo dessa forma, tendemos a evitar a repetição de erros, tais como, sempre brigarmos pela mesma coisa, termos o mesmo desfecho na questão afetiva ou na profissional. Não pense que é destino ter fracasssos sucessivos nem que fora provocado por alguma energia negativa, reveja o próprio comportamento (já!). Não diga que é carma, missão ou vidas passadas. E mesmo que fosse? Por que unicamente você tem de fazer sacrifícios ou ficar paralizado face aos acontecimentos? Não e não! Pare agora e reveja a sua vida. Somente analisando (a si mesmo) é que encontrá a paz interior, a autoestima. Comece perguntando-se: O que sou eu? Uma lesma, uma naja cibilante ou um ser de luz?

 

Quer saber mais? | livro | video | reportagem | artigo | notícias |

AUTOCURA ∞| floral | autoestima | meditação | aromas | cromoterapia | oração |
AUTOAJUDA ∞| tarô | i ching | numerologia | runas | oráculo virtual | cabala |
| Quem é NEI NAIFF? | livros | contato |mapa do site |
  ◊  imprimir  ◊  enviar   ◊  |